Buscar
  • rafamericano

A Matrix SWOT




Essa ferramenta foi criada através de pesquisas feitas na universidade de Stanford entre as décadas de 1960 e 1970. Mesmo tanto tempo após a sua idealização, a ferramenta ainda é amplamente utilizada, sendo uma das preferidas pelos gestores e professores de administração.

Através de sua aplicação é possível analisar o posicionamento da empresa frente a seus concorrentes e entender os diferenciais, pontos fracos, possibilidades de crescimento, assim como perigos previamente identificados.


SWOT é uma sigla que significa:

Strengths (Forças)

Weaknesses (Fraquezas)

Opportunities (Oportunidades)

Threats (Ameaças)


Através dessa ferramenta é possível fazermos uma análise interna e externa da empresa e entender qual o verdadeiro posicionamento diante dos concorrentes.


Análise Interna: Forças e Fraquezas

As forças e as fraquezas de uma empresa são geralmente avaliadas em uma análise que busca situar o posicionamento atual (no momento da análise) e são muito importantes para que a empresa potencialize o que tem de positivo e reduza os seus pontos fracos.

Forças → São as vantagens internas da empresa em relação às empresas concorrentes;

Fraquezas → Desvantagens internas da empresa em relação às empresas concorrentes.

Como exemplo da análise interna podemos encontrar → Integração dos Processos, Padronização dos Processos, Eliminação de redundância, Foco na atividade principal


Análise Futura e Externa: Oportunidades e Ameaças

Estas estão qualificadas quase sempre dentro da análise futura pois se trata do ambiente que a empresa pode encontrar mais à frente que, embora não possa ser controlado, deve ser conhecido e monitorado com freqüência para que as oportunidades possam ser aproveitadas ao máximo e as ameaças evitadas.

Oportunidades → Aspectos positivos do ambiente externo futuro, com potencial de alavancar a operação da empresa.

Ameaças → Aspectos negativos do ambiente externo futuro, com potencial de restringir a atuação da empresa ou intensificar os pontos fracos.

Com a análise completa - interna e externa - da sua empresa você perceberá que, em todos os aspectos levantados, sempre ocorrerá o encontro de um aspecto interno com um externo.


Por exemplo:



Com a análise conjunta das forças, fraquezas e das oportunidades e ameaças relacionadas à sua empresa, gera-se a matriz SWOT, que é uma das inúmeras ferramentas da administração para auxiliar na tomada de decisão, antes mesmo do início de um projeto comercial, e também durante a execução do mesmo.


Um cenário prático:


Você tem uma empresa de gestão condominial e um dos serviços prestados é a terceirização dos funcionários da portaria. Tentando aumentar a eficiência do negócio você começa a substituir as antigas portarias presenciais (porteiro dentro da guarita) por portarias virtuais (portaria controlada por uma central).

As portarias virtuais são a nova tendência por inúmeros motivos, dentre eles segurança (serviço a prova de cochilo), redução do custo da terceirização, melhor capacitação de quem “controla do acesso” etc.

Ocorre que apenas 20% dos seus concorrentes prestam o serviço de portaria virtual.

Como forma de entender melhor o mercado e adotar uma estratégia correta, você decide utilizar a ferramenta SWOT.


A partir dessa ferramenta, é possível identificar que internamente sua empresa tem uma Força, pois está a frente da grande maioria dos seus concorrentes, que é um diferencial atual. Na fase externa da análise é possível notar que esta mesma força é estimulada por uma Oportunidade, pois muitos condomínios querem reduzir os seus custos.

Desta forma, se grande parte dos seus clientes optarem por mudar suas portarias presenciais para virtuais, significa que os clientes dos seus concorrentes são seus potenciais clientes. Desta forma sua empresa tem plena capacidade de crescer a operação.


Nessa linha, se tornam possíveis as seguintes combinações:


Forças e Oportunidades - Obter o máximo de resultado dos pontos fortes para aproveitar ao máximo as oportunidades detectadas.

Forças e Ameaças - Tirar o máximo de resultado dos pontos fortes para minimizar os efeitos das ameaças detectadas.

Fraquezas e Oportunidades - Desenvolver estratégias que reduzam os efeitos negativos dos pontos fracos e que ao mesmo tempo aproveitem as oportunidades detectadas.

Fraquezas e Ameaças - As estratégias a serem adotadas devem minimizar ou ultrapassar os pontos fracos e, tanto quanto possível, fazer face às ameaças.


Muitos recomendam a utilização da Matriz de Análise SWOT, porém nem todos explicam o que é necessário fazer para se definir metas a partir dessa ferramenta. O mais importante é combinar aspectos internos e externos. Através dessa combinação a necessidade estará expressa e pronta para ser executada.

31 visualizações