Buscar
  • Sua Marca

Canais do Youtube precisam registrar a sua marca?



O Youtube é uma plataforma digital que cresceu bastante nos últimos 10 anos. Ele possui uma diversidade infinita de conteúdo, seja de vídeos amadores a canais. Quanto aos canais do youtube, estes cresceram muito e apresentam diversos tipos de conteúdo, para todas as idades. Devido a essa expansão, muitas pessoas resolveram ter um canal de youtube, fazendo dele uma fonte de renda e até de sustento.


Para você ganhar dinheiro no youtube são necessários dois requisitos: ter no mínimo mil inscritos e ter no mínimo 4 mil minutos de visualizações nos últimos doze meses. Ao cumprir esses requisitos, seus vídeos passarão a ser monetizados. Outra forma de ganhar dinheiro no Youtube é por meio de lives, em que os usuários poderão doar dinheiro para quem está transmitindo em tempo real. Os comentários de quem doou ficam destacados por um certo tempo.


Além disso, o canal de Youtube é um ótimo cartão de visitas para o influenciador digital. Quanto maior a sua relevância no Youtube, mais atenção eles chamarão das empresas e consequentemente surgirão propostas de publicidade e assim engordarão a sua conta bancária. Logo, já que o Youtube é uma fonte de renda, é essencial que o influenciador registre a marca do seu canal perante o INPI. Por que? Explico.


Segundo o advogado Fábio dos Santos, algumas plataformas só monetizam os influenciadores se a marca do seu canal for registrada. Além disso, o registro da marca no INPI concede direito exclusivo ao Youtuber de explorar a marca em todo o território nacional. Devido ao grande número de canais de Youtube existentes com conteúdo muito parecidos, isso é muito importante, pois há muitos casos de influenciadores plagiando outros. Com o Registro, o influenciador terá o direito de impedir que um outro influenciador explore a sua marca indevidamente, impedindo a concorrência desleal, além de dar maior credibilidade a sua marca.


O contrário também poderá ocorrer. O influenciador que tiver seu canal e não registrar a sua marca no INPI, poderá perder o direito de explorar essa marca se um terceiro espertamente a vir, registrá-la primeiro e ainda impedir de você continuar usando-a, podendo ajuizar uma ação judicial. Então, todo o investimento que o Youtuber fez para o seu canal estará perdido e as chances de ser monetizado também. Portanto, o Youtuber NÃO PODE ficar inerte em relação à marca do seu canal.


Logo, ao não registrar marca você estará correndo o risco de futuramente não desfrutar de tudo que você investiu, tendo prejuízos financeiros, já que a marca constitui a identidade do seu canal.


Para que seja possível o influenciador poder registrar a sua marca, é preciso fazer uma pesquisa de anterioridade, isto é, verificar se a marca já foi registrada por um terceiro. Além disso, é importante saber a seleção das classes e subclasses comerciais nas quais o seu canal de Youtube se insere. Ou seja, empreendedor deverá selecionar a classe comercial que a sua marca corresponde.


Importante também saber que o influenciador poderá registrar a sua marca em várias classes, pois sua atividades em muitos casos não se restringem a atividade do canal em si. Muitos Youtubers possuem uma loja virtual em que vendem produtos relacionados ao seu canal, por exemplo. Essencial fazer uma observação: caso a marca que o Youtuber queira registrar exista, mas em relação a outra atividade, é possível registra-la. O que não é permitido é o registro de duas marcas que tenham a mesma classe.



A importância de uma empresa à frente do registro de marca


A princípio, o registro de marcas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) pode ser feita por qualquer pessoa interessada. Porém, será que realizar o registro por conta própria é a melhor opção para uma pessoa leiga? É importante contratar uma empresa ou escritório que sejam especializados na área. Ao não recorrer a um especialista da área, você poderá economizar a curto prazo, mas, a longo prazo, estará correndo um risco maior de perder tempo, dinheiro e, até mesmo, de não obter a proteção jurídica adequada. Existem alguns percalços que a pessoa leiga poderá enfrentar que acarretará no indeferimento do registro da marca:

  • a falta de intuitividade do site do INPI;

  • a dificuldade de acompanhar o processo de registro de marca no site de INPI;

  • pagamento de taxas desnecessárias;

  • pesquisa de anterioridade mal feita,

  • Dificuldade de escolha da classe a que sua marca pertence.

Para saber mais sobre esses obstáculos, há um artigo publicado no site, link aqui.



Empresa Sua Marca


Por essas razões expostas, é recomendado ter uma empresa intermediária à frente do processo de registro de marcas. Lembre-se, a marca é a identidade do seu negócio, ela é o cartão de visitas para que os consumidores possuam acesso e possam consumir seu produto ou serviço. O seu registro é um investimento que trará benefícios para a sua empresa e poupará possíveis aborrecimentos e prejuízos. Perder o direito de usar a marca equivale a perda de identidade da sua empresa e em consequência prejuízos financeiros e até a falência da mesma.


Por que não deixar todos esses encargos conosco e assim poder focar em outros assuntos em relação a sua empresa? O Sua Marca é uma empresa formada por uma equipe de advogados com anos de experiência em propriedade intelectual. A empresa nasceu da vontade de fornecer ao mercado uma solução rápida, descomplicada e eficiente para a realização do Registro de Marcas no Brasil. O Sua Marca oferece aos clientes os seguintes benefícios:

  • Baixo custo;

  • Garantia de realização do pedido em até 1 dia útil após a confirmação do pagamento e envio da documentação necessária;

  • Simplificação do processo de registro da marca;

  • Monitoramento de todo o processo do pedido junto ao INPI.

Com o Sua Marca, você tem a garantia de que a marca da sua empresa estará protegida. O sua Marca faz esse serviço com muita eficiência e comodidade. Para saber mais acesse: www.suamarca.vc.